Sefaz discute recuperação do segmento do coco em Alagoas

Norma de incentivo ao setor será apresentada aos produtores estaduais em Maragogi, durante Governo Presente

e21b2626f11dbd7c071c1bdc38aee1f6_L

O secretário de Estado da Fazenda de Alagoas, George Santoro, preside, nesta sexta-feira (6), reunião do Fórum ‘A Sefaz e a Sociedade’, em Maragogi, com integrantes da Associação dos Produtores de Coco de Alagoas (Prococo) para apresentação da minuta de decreto que busca tornar a produção de coco local mais atrativa.

A reunião acontece no Hotel Praia Dourada, às 17h, e busca a discussão conjunta da norma que tem como propósito incentivar o consumo do coco produzido em Alagoas pelas indústrias estaduais, iniciativa que garantirá a recuperação do segmento e a manutenção dos empregos gerados.

Como ressalta o secretário George Santoro, o trabalho sensível do Governo de Alagoas para devolver condições de crescimento ao setor foi iniciado durante a última edição do Governo Presente, no município de Coruripe, onde a Prococo apresentou diagnóstico do mercado alagoano.

Desde então, a equipe técnica das Secretarias de Fazenda, Desenvolvimento Econômico e Agricultura estudam o segmento e trabalham no desenvolvimento da norma que será apresentada na próxima sexta-feira.

“Queremos fazer com que a produção local volte a ser atrativa para as indústrias que utilizam o coco como matéria prima. Para isso, temos dialogado com o segmento para entender melhor o cenário produtivo e apresentar a melhor alternativa para devolver competitividade aos produtores locais”, relatou Santoro.

Sâmia Laços – Agência Alagoas