Se depender de mim ele vai mofar na cadeia, diz pai de criminoso

ff

“Meu filho merecia ter morrido”. Essas foram as palavras utilizadas por Cláudio Fonseca, pai de Cláudio Moura da Fonseca, preso nessa quinta-feira (21) e que confessou ter atirado na jovem Maria Karolayne Alvares, morta durante um assalto na zona Norte de Natal.

Cláudio Fonseca disse que não vai mexer ‘um dedo’ para tirar o filho da cadeia. “Quero desejar os meus sentimentos a todos eles [família da jovem], e se depender de mim, ele vai mofar na cadeia. Meus filhos também não irão fazer nada por ele”, disse em entrevista para o programa Balanço Geral, da TV Tropical.

Confira a entrevista completa:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *