Polícia prende suspeitos em tráfico e homicídios em Palmeira dos índios

Uma operação integrada entre policiais civis e militares, coordenada pelo delegado regional Alexandre Leite,  no final da tarde desta quarta-feira (27), prendeu Aglailson Amaro de Oliveira, Daniel Félix dos Santos, Claudio Henrique de Oliveira, Gilelisson Antonio dos Santos e Maria Jaqueline Silva dos Santo, suspeitos de serem integrantes de uma organização criminosa, em Palmeiras dos índios.

As prisões ocorreram após policiais da 5ª DRP, de Palmeira dos índios, investigarem informações sobre algumas pessoas estavam efetuando disparos de arma de fogo, numa área, localizada no bairro Vila João XXII.

Uma equipe policial, comandada pelo delegado Alexandre Leite, foi até o local e fez os primeiros levantamentos. Com a chegada da viatura policial, algumas pessoas correram para uma mata fechada.

Policiais civis e militares iniciaram uma operação na região, cercaram o local e conseguiram prender Aglailson Amaro de Oliveira e Daniel Félix dos Santos, dentro da mata, suspeitos de serem os autores dos disparos.

Em seguida, os policiais continuaram com a operação, dirigiram-se a uma casa, localizada no bairro Maçonaria, para investigar uma denúncia sobre tráfico de drogas e organização criminosa, entre os comparsas dos presos.

Ao chegarem ao local, os policiais encontraram uma quantidade de drogas e prenderam Claudio Henrique de Oliveira, identificado como o quarto comparsa, que foi preso quando tentou fugir pelos fundos da casa.

Depois os policias descobriram outro comparsa, conhecido como Gil, que estava enviando mensagens para o celular do Claudio Henrique e mandando ele ir até a sua casa, para cometerem um homicídio e fugirem da cidade.

Claudio Henrique levou os policiais até o bairro São Francisco, onde fica a casa do Gil, que também foi preso quando tentou fugir do local de posse de uma pistola calibre .380, modelo PT638 e 15 munições.

Gil, é Gilelisson Antonio dos Santos, com mandado de prisão em aberto, autor de diversos crimes no Estado, que agora tem sido apontado como autor de alguns homicídios ocorridos recentemente em Palmeira dos Índios.

Na sequência da operação, os policiais se dirigiram até a casa da Maria Jaqueline Silva dos Santos, para cumprirem um mandado de prisão contra ela, expedido pela 4ª Vara Criminal de Palmeira dos Índios.

“Maria Jaqueline é apontada como líder da organização criminosa formada pelos cinco presos nesta operação. Ela comanda o tráfico na região e também é suspeita de ser mandante de homicídios no município”, frisou o delegado regional Alexandre Leite.

Ascom – 28/09/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *