PC prende estelionatários que aplicavam golpes em agências bancárias

noticia_42270

Policiais do Núcleo de Inteligência (NI), da Delegacia Geral da Polícia Civil de Alagoas, prenderam em flagrante, na tarde desta sexta-feira (26), dois estelionatários que davam golpes financeiros em pessoas dentro de agências bancárias.

Os presos Willians Oliveira Silva, de 31 anos, e Wilson Vitorino de Souza, 38 anos,  foram detidos dentro do Banco do Brasil localizado no bairro Ponta Verde, em Maceió. A ação contou com o apoio de uma equipe da Força Nacional, que estava na porta da agência bancária.

De acordo com o diretor do NI, delegado Fabricio Nascimento, que investigou a dupla e comandou a ação, os dois permaneciam nas portas das agências e nos locais onde ficam instalados os caixas eletrônicos para “ajudar” as vítimas, que na maioria das vezes eram idosas, a utilizar os caixas eletrônicos, quando os funcionários das instituições financeiras ainda não tinham chegado ou já tinham ido embora.

“Eles ofereciam auxílio às vítimas, e trocavam os cartões de crédito para realizar saques, crimes que ocorriam quando os servidores dos bancos não se encontravam, para ajudar quem estivesse com duvidas para usar os aparelhos. Os dois realizavam os crimes em várias agências bancárias”, disse o delegado.

Durante a ação foram apreendidos R$ 11.106,00, cerca de 100 cartões de créditos, cheques, e notas em moedas estrangeiras. Após realizarem as ações criminosas, e obterem o dinheiro, os dois adquiriam celulares tipo iphones e outros objetos eletrônicos, materiais que também foram apreendidos pelos policiais.

Segundo informações do delegado eles já cometeram estes crimes nos Estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Bahia e São Paulo.

“Os dois estavam cometendo estelionato em outros estados, e Wilson já cumpriu pena por sequestro, quando permaneceu detido por nove anos”, informou o delegado.

Após a dupla ter sido presa, foi conduzida ao Complexo de Delegacias Especializadas (Code), onde foram autuados por estelionato e falsidade ideológica, pela delegada Maria Aparecida, de plantão na Central de Flagrantes 2.

b2353a06-ce6f-4397-92b5-56a3c5531f08

36980396a74603e30dc218adedfe5883

31dcb72b9b0e10dec5f1638ad48ad9d7

Ascom/PC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *