MPF denuncia ex-deputado alagoano à Justiça pela “farra das passagens”

O Ministério Público Federal (MPF) do Distrito Federal ratificou na última terça (8) denúncia criminal contra 72 ex-deputados federais por uso irregular de passagens aéreas da Câmara de Deputados em nome de terceiros

Augusto Farias assina ficha de filiação do PMDB

Entre os denunciados claro que Alagoas não poderia ficar de fora de mais um escândalo, está o ex-deputado federal Augusto Farias hoje filiado ao PMDB do senador Renan Calheiros. Farias foi denunciado à justiça pelo crime de PECULATO (DESVIO DE DINHEIRO PÚBLICO) no escândalo que ficou conhecido como “FARRA DAS PASSAGENS AÉREAS” e envolveu centenas de deputados. Segundo o MPF, O ex-deputado teria utilizado no período “apenas” 251 passagens aéreas, no total de R$ 138..551,10.

O caso veio à tona em 2009, quando o site Congresso em Foco denunciou o fato de os deputados utilizarem a cota de passagens aéreas da Câmara para familiares e terceiros.

Em 2016,  443 deputados e ex-deputados já haviam sido denunciados ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (DF). Mas o Tribunal não chegou a analisar as denúncias. Como muitos deputados já haviam deixado o cargo, o TRF entendeu que era preciso desmembrar a denúncia e devolveu o caso para o Ministério Público Federal, que apresentou uma nova denúncia nessa terça.

Agora, em vez de 443 deputados, foram denunciados 72 que tiveram gastos entre janeiro de 2007 e fevereiro de 2009. O restante havia gastado com passagens em anos anteriores e o Ministério Público entendeu que o crime já havia prescrito.

Confira a lista completa dos 72 ex-deputados denunciados pelo MPF/DF: http://www.mpf.mp.br/df/sala-de-imprensa/docs/tabela-parlamentares-denuncia

Redação

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *