I Copa Desportiva Bombeiro Militar reúne atletas de três estados em Alagoas

O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) se uniu às corporações de Pernambuco e Sergipe para a I Copa Desportiva de Bombeiros Militares do Nordeste nessa sexta-feira (22), em Maceió. Os três times disputaram a modalidade futebol society masculino na quadra da Associação de Sargentos e Subtenentes de Alagoas (ASMAL). A expectativa é que esse seja apenas o primeiro evento de vários e que os próximos incluam outras modalidades, times femininos e a participação de mais estados do Nordeste.

Segundo o capitão Diogo Andrade, do Centro de Treinamento Físico e Desporto (CETFID), o objetivo, além do incentivo da melhoria de condicionamento físico e mental, é a interação social. “Nós queremos unir os Corpos de Bombeiros vizinhos para estreitar os laços e fortalecer a corporação de Bombeiro Militar do Brasil integrando mais os militares e trocando experiências. Aprender mais com o que está dando certo nos bombeiros de Pernambuco e Sergipe, pensando sempre na evolução da nossa corporação”, disse.

A Copa é um projeto piloto que nasce como embrião para uma futura realização dos jogos desportivos de bombeiros militares da Região Nordeste. Por isso, foram convidados apenas os estados vizinhos: Sergipe, Pernambuco e Paraíba, devido à proximidade entre eles. Apenas o CMPB não pode se fazer presente. O evento reuniu mais de 50 bombeiros militares unindo o CBMPE, CBMSE E CBMAL, disputando a modalidade futebol society através de um triangular, onde todas as equipes se enfrentam entre si, sendo campeã a que conseguisse mais pontos ao final do torneio.

Para o capitão Marcio Aureliano, de Pernambuco, a participação no evento foi bastante proveitosa. “Fizemos vários esforços para estar aqui, trazer a equipe para compartilhar desse momento proporcionado pelo Corpo de Bombeiros de Alagoas. Valeu muito a pena pela interação maior entre as corporações. Somos estados vizinhos e isso nos traz uma proximidade na parte esportiva, como também na administrativa e operacional. Trocamos muitas ideias”, ressaltou o oficial.

A equipe pernambucana se sagrou campeã com duas vitórias de 3×0, seguida pelas equipes de Alagoas e Sergipe. Durante a premiação, o capitão Marcos Paulo e o comandante geral, coronel Adriano, homenagearam o subtenente Sebastião que, com trinta anos de serviços prestados à corporação, está prestes a entrar para a reserva.

“Como comandante geral, quero dizer sem nenhuma demagogia que vocês estão diante de um grande profissional, realmente dedicado a profissão, disciplinado, que sempre foi e é referência no Corpo de Bombeiros. Só tenho a agradecer por tudo que fez à corporação bombeiro militar”, disse o comandante.

Ao final, da competição os militares participaram de um almoço de confraternização ao som da banda Charlie Bravo Zero, composta especialmente para ocasião por bombeiros militares alagoanos.

Ascom – 23/09/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *