Destaque de Alagoas no turismo atrai resort do grupo GJP

Empreendimento vai gerar 700 empregos e deve influenciar em atração de novos voos

Ao figurar como um dos dois estados que conseguiram manter a taxa de desembarques positiva, ao lado de PE, Alagoas se destaca no turismo através do trabalho conjunto entre Governo do Estado e trade turístico.

Na quinta-feira (15) foi lançado o projeto para a instalação de mais um empreendimento hoteleiro em Alagoas. O Prodigy Beach Resort já teve as suas obras iniciadas e deve ser inaugurado em 2018. O governador Renan Filho, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Helder Lima, estiveram presentes no evento, que aconteceu no Palácio República dos Palmares, em Maceió.

O investimento total é de R$ 104 milhões e conta com financiamento do BNB (Banco do Nordeste). Serão construídas 225 unidades habitacionais (apenas na primeira fase), o que equivale a 562 leitos.

“Alagoas é um lugar único, que oferece toda a infraestrutura necessária para o turismo crescer, com uma grande união de todos do segmento. Essa foi uma das razões para escolhermos o Estado para instalarmos o nosso mais novo empreendimento”, afirmou o presidente do grupo GJP, Guilherme Paulus.

Desembarques

Dados da Infraero revelam que Alagoas se destacou no cenário turístico em 2016, apresentando um aumento de 1,17% no número acumulado de desembarques até outubro. Já outros Estados nordestinos como Bahia e Ceará registraram – no acumulado – retração de 17,91 e 10,38, respectivamente. Outro aspecto relevante foi a redução do ICMS do querosene da aviação civil de 17% para 12%, obtida através de mais uma articulação da Sedetur, que garantiu a atração de novos voos e consequentemente o aumento dos desembarques.

Para o secretário Helder Lima, a instalação do resort será um importante catalisador do turismo alagoano. “Ficamos honrados em ter um empreendimento desse porte em Alagoas. Isso é uma prova do nosso potencial turístico e representa uma mudança de paradigma para o segmento local. Devemos isso também à união dos atores do trade envolvidos, que são de suma importância para o desenvolvimento da região”, comemorou Lima.

O hotel faz parte da companhia GJP Hotels e Resorts, que possui, ao todo, 13 estabelecimentos por todo o Brasil e já administra o hotel Linx Sete Coqueiros, na praia de Pajuçara, em Maceió. Atualmente, Alagoas possui mais de 400 empreendimentos hoteleiros, cinco instalados somente em 2016, e mais nove em prospecção.

Marcel Leite – Agência AL

17/12/16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *